Avisos Importantes

COMUNICADO AOS ASSOCIADOS BAC

A nova diretoria BAC (biênio 2016/2017), informa a todos os associados que a conta bancária encontra-se ativa em nome do Clube e sendo assim, já é possível realizar o pagamento da respectiva anuidade.

Cabe ao associado procurar a secretaria do Clube, para que possa então ser emitido o boleto para o pagamento da anuidade, sendo que esta terá um valor de R$ 150,00 a vista (boleto com vencimento em até 30 dias) podendo também ser parcelada em três vezes, ou seja, três boletos para 30, 60 e 90 dias. A data limite para parcelamento em três vezes será 30 de maio e após 31 de julho será considerado inadimplente o associado que não honrar seu compromisso.

Outrossim, informamos que, enquanto o IBAMA/Estado não deliberar sobre valores/licença de Criador Amadorista, nosso Clube também não o fará. Cobraremos apenas anuidade correspondente à condição de Associado BAC.

Juntos seremos fortes. Associado BAC, faça sua parte.

Brusque Amantes do Coleiro

Djone Eccel - Presidente
Leia +01/03/2016

DEMONSTRATIVO FINANCEIRO BAC - 2016

Balanço mensal tesouraria BAC.
A partir da posse da nova diretorio (Presidente Djone Eccel) mensalmente será aqui apresentado o resumo mensal financeiro.....
Leia +09/02/2016

Vídeo em Destaque Mais Vídeos

Últimas Notícias

Falso policial é preso por roubar pássaros e aplicar golpes no ES

Ele entrava na casa das pessoas e dizia precisava levar os pássaros.
Homem fez inúmeras vítimas em Vila Velha e Cariacica.

Um homem foi preso nesta terça-feira (26), em Vila Velha, no Espírito Santo, pelo roubo de inúmeros pássaros. Sandro Zacarias se passava por policial ambiental, entrava na casa das pessoas e levava as aves.

De acordo com o sargento Reis, da polícia ambiental, o homem aplicou o golpe em inúmeras vítimas em Vila Velha e Cariacica. “Sabemos que são inúmeras as vítimas, elas inclusive se organizaram, formaram um grupo em um aplicativo, para localizarem os animais”, disse.

Ele entrava na casa das pessoas e dizia precisava levar os pássaros.
Homem fez inúmeras vítimas em Vila Velha e Cariacica.

O homem foi preso dentro de casa, no bairro Cobilândia. Junto com Sandro foram encontrados seis pássaros que só podem ser criados com autorização do Ibama. Ele confessou os crimes a polícia. “Eu passava com a camisa do Ibama e levava os passarinhos”, disse Sandro.

Quatro vítimas reconheceram o homem na delegacia e contaram que ele andava armado, uniformizado e dizia ser do Ibama ou da polícia ambiental.

“Ele chegou por volta das 7h da manhã, se passando por um agenda do Ibama, com uniforme, e ai eu deixei ele entrar, ele tava com uma pistola na mão”, disse uma das vítimas, que não quis se identificar.

Ele levou cinco pássaros e quando a vítima procurou o Ibama, descobriu que havia sido enganada. “Cheguei no Ibama e me falaram que eu fui vítima de um golpe, que eles já estava procurando ele”, disse.

A vendedora Suélen Nunes também teve pássaros roubados pelo homem. “Ele falou que ia levar, que era do Ibama, que tinha recebido uma denúncia, e ele tava armado, então ele levou”, contou.

A polícia ambiental investigava o caso desde outubro de 2015, mas teve dificuldade de encontrar o homem porque ele mudava de residencia muitas vezes e tinha pelo menos seis perfis falsos nas redes socais.

“Nestes perfis ele se apresentava ora como tenente, ora como coronel, o que induzia muita gente a achar que ele realmente era policial militar”, disse o sargento Reis.

Sandro prestou depoimento na delegacia de Vila Velha. A Polícia Civil disse que vai investigar como o homem conseguiu os uniformes da polícia, onde está a arma que ele usava e o que fez com os pássaros que não encontrados.
Leia +26/04/2016 - Fonte: g1.globo.com

Operação da Polícia Civil apreende 42 pássaros silvestres em Canoas

Animais foram encaminhados ao zoológico e podem ser soltos

A Delegacia do Meio Ambiente (Dema), da Polícia Civil, apreendeu 42 pássaros silvestres na tarde desta segunda-feira (25), em Canoas. Os animais estavam em duas residências do Bairro Fátima.

A ação faz parte da Operação Ambiente Sustentável, que busca coibir diversos crimes ambientais - entre eles os praticados contra a fauna silvestre ou nativa. Um homem, de 65 anos, e uma mulher, de 39 anos, foram detidos e vão responder por crime ambiental, com pena de detenção de seis meses a um ano.

Segundo a delegada Marina Goltz, os pássaros pertencem a diversas espécies, como cardeal, azulão, cravina, pintassilgo, trinca ferro, sanhaço-frade, coleiro, entre outras. Eles foram encaminhados ao Jardim Zoológico e serão analisados pelos veterinários, com possibilidade de reinserção no meio ambiente.
Leia +26/04/2016 - Fonte: gaucha.clicrbs.com.br

Bandidos invadem criatório e furtam mais de R$ 200 mil em pássaros

Furto ocorreu na Capital, Campo Grande MS

Na madrugada desta terça-feira (29), por volta das 2 horas, empresário de 38 anos teve pássaros furtados de casa, na Rua Antônio Pinto de Barros, no Tiradentes. O homem tem um criatório comercial de pássaros e os animais levados estavam avaliados em mais de R$ 200 mil.

Segundo informações do boletim de ocorrência, ao acordar nesta manhã o empresário viu que o portão da frente da casa estava aberto e os cadeados estourados. Vizinhos contaram para o morador que ouviram barulho de camionete entre 2 e 3 horas da madrugada na residência.

De acordo com o empresário, ele cria pássaros para venda e os animais foram levados. O prejuízo foi estimado em R$ 210 mil e o caso foi registado na Derf (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos) como furto qualificado com destruição ou rompimento de obstáculo.
Leia +30/03/2016 - Fonte: www.midiamax.com.br

Ibama fecha torneio clandestino de canto de pássaros em Sertãozinho, SP

PM autuou 31 participantes por crime ambiental; três menores foram detidos.
Das 100 aves achadas no local, 14 foram apreendidas por falta de registro.

Um torneio clandestino de canto de pássaros foi interditado na manhã deste domingo (20) em uma chácara no bairro Vila Garcia em Sertãozinho (SP), durante operação do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) com apoio das policias Ambiental e Militar.

No local, 31 pessoas foram autuadas por crime ambiental. Três adolescentes que assistiam à competição também foram detidos, levados ao Plantão Policial e entregues aos responsáveis. Das 100 aves encontradas na propriedade, 14 foram apreendidas por falta de registro.

A diretora regional do Ibama, Eliana Velocci, afirmou que o torneio ilegal era monitorado há um mês. Os agentes decidiram deflagrar a operação neste domingo porque nesta data ocorreria a etapa final do concurso. "Agora, as aves trocam a muda, então o canto não é tão bom", disse.

Eliana explicou que esse tipo de competição só pode ser realizado com autorização das secretarias estaduais do Meio Ambiente e da Agricultura e Abastecimento. Além disso, o evento precisa ser acompanhado por médico veterinário, que deve atestar as condições dos pássaros.

“A maioria não tirou a guia para poder transitar com a ave e também a maioria está ilegal, não tem cadastro no Ibama. Muitas aves serão apreendidas. Os proprietários ficarão como fiéis depositários de algumas delas, mas, com certeza, no final, todas serão recolhidas”, disse Eliana.

Ainda de acordo com a diretora do Ibama, apesar de não se tratar de um evento formalizado, o torneio envolvia participantes de toda a região. Moradores de Bebedouro (SP), Pontal (SP), Ribeirão Preto (SP), Batatais (SP) e até de Uberlândia (MG) estavam no local.

Os proprietários das aves foram multados pela Polícia Ambiental. Segundo o tenente da PM Ricardo Lopes, o valor das autuações varia de R$ 500 a R$ 5 mil por pássaro, de acordo com a situação em que eles foram apreendidos.

“Aquela pessoa que tem ave com anilha, tem um tipo de autuação por participar de um torneio que não tem autorização. A pessoa com ave sem anilha, além da autuação do torneio, tem a autuação pelo fato de a ave não estar regularizada”, explicou.

O Conselho Tutelar foi chamado ao local porque três adolescentes que assistiam às competições também foram apreendidos pela PM. Segundo Lopes, os responsáveis responderão criminalmente por permitir que os filhos participassem de um evento ilegal.

“Eles vieram para assistir, mas os responsáveis alegam que não tinham conhecimento de se tratar de crime. Por isso, trouxeram os menores para participar. Eles vão responder por corrupção de menores”, afirmou.

Leia +20/03/2016 - Fonte: g1.globo.com

Rapaz é preso acusado de tráfico e crime ambiental

Neste domingo (20), a Policia Militar de Guabiruba, conduziu até a Delegacia de Polícia Civil aqui em Brusque, João Zalir da Silva Junior (27). Segundo a polícia, uma viatura fazia rondas na rua André Schaffer, bairro Pomerânia, quando percebeu que João jogou fora em um matagal, um invólucro com 29 pedras de craque e R$ 17,00 em espécie.

Ao interrogar o rapaz, o mesmo autorizou os policias a fazer uma vistoria na residência que mora. No local os policias encontraram sete gaiolas com pássaros silvestres com procedência duvidosa, sendo que três possuem anilha, mas sem registros na posse de João. O mesmo foi levado a DP com suspeita de crime ambiental e tráfico de drogas.
Leia +20/03/2016 - Fonte: rc.am.br

Destaques

Links Úteis

ibama cidasc fatma sispass


fanpage



113530 Visitas
Login