Avisos Importantes

SÁBADO, VÉSPERA DAS ELEIÇÕES, TEM TORNEIO BAC

Neste sábado, dia 04/10/14, véspera de eleições, o BAC realizará seu Torneio com todas as modalidades.

Sábado no torneio e domingo nas urnas. Para o torneio, aprontem seus alados, providenciem seu GTA e vamos todos ao BAC.

Para a votação de domingo, estejamos conscientes do quanto representa nosso gesto, e consideramos os candidatos que realmente se importam com nossa causa. Todos sabemos que nossa Classe Passarinheira não é vista com bons olhos por alguns segmentos da sociedade, contudo, sabemos que temos bons políticos/candidatos, zelando para que não sucumbimos perante a crítica. Chegou a hora de darmos nosso crédito. Chegou a hora de votar em quem realmente nos representará.......

Nos encontramos no sábado então......
Leia +28/09/2014

NOVIDADE BAC - RODA DE PARDINHOS

QUEM TIVER COLEIRO PARDINHO, JÁ PODE COLOCÁ-LO À PROVA.

O BAC ESTARÁ PROMOVENDO, SEMPRE QUE HOUVER TORNEIO DOS DEMAIS COLEIROS, UMA RODA PARALELA COMPOSTA APENAS DE PARDINHOS.

SERÃO APENAS 10 MINUTOS, COM PREMIAÇÃO ATÉ O TERCEIRO LUGAR.

AGILIZEM SEU GTA E COMPAREÇAM.
Leia +14/09/2014

TORNEIOS B.A.C. 2014 (DATAS/EVENTOS)

AGORA É OFICIAL. JÁ TEMOS EM MÃOS AS DATAS DEVIDAMENTE HOMOLOGADAS PARA NOSSOS TORNEIOS 2014.

INFORMAMOS A TODOS ASSOCIADOS E DEMAIS PARTICIPANTES DE TORNEIOS, QUE O B.A.C. JÁ OFICIALIZOU AS DATAS PARA OS MESMOS, SENDO O DE ABERTURA DA TEMPORADA NO DIA 15/06/14. VEJAM O QUADRO COMPLETO AQUI:

http://www.amantesdocoleiro.com.br/galeria.php?cod_album=102

TAMBÉM EM NOSSA FAN PAGE:

https://www.facebook.com/...66?notif_t=like

LEMBRAMOS QUE A GTA, A LISTA SISPASS E A CARTEIRA DE SÓCIO ATUALIZADA SE FAZEM NECESSÁRIAS. TODOS JÁ SE SINTAM CONVIDADOS E É MUITO IMPORTANTE RESSALTAR QUE O SUCESSO AO FINAL DE CADA ETAPA DEPENDE DA COLABORAÇÃO, ENTENDIMENTO E EMPENHO DE TODOS. A AMIZADE DEVE SEMPRE PREVALECER........

DESDE JÁ AGRADECEMOS A TODOS.

BRUSQUE AMANTES DO COLEIRO
Leia +17/05/2014

TORNEIO DA AMIZADE - BAC - BRUSQUE SC

SRS. PASSARINHEIROS. ATENTEM PARA ESTA DATA: 02/11/2014

PAVILHÃO DA FENARRECO, PISO TÉRREO, COMO NOS BONS TEMPOS..... (SERÁ NO DIA DOS FINADOS MESMO)

VAMOS FAZER UM TORNEIO MAIOR E MELHOR QUE 2013, SUPERANDO A MARCA DE 585 ESTACAS DO ANO PASSADO. PROVIDENCIAREMOS MAIS ESTACAS, TANTAS NECESSÁRIAS FOREM.

AGENDEM TODOS ESTE EVENTO E JUNTOS FAREMOS VALER NOSSO HOBBY E PROPAGAREMOS A CULTURA DA PRESERVAÇÃO.

TORNEIO DA AMIZADE - 02/11/14 - BAC - BRUSQUE AMANTES DO COLEIRO.
Leia +10/05/2014

Vídeo em Destaque Mais Vídeos

Últimas Notícias

Operação da polícia faz mapeamento do DNA de pássaros em Rio Preto, SP

Com a coleta, poderá ser possível saber se ele é de cativeiro ou não.
Até então, todo pássaro silvestre criado em cativeiro tem de ter anilha.

A Polícia Ambiental ganhou uma nova arma no combate à criação irregular de pássaros silvestres. Agora, durante as fiscalizações, são realizados exames de DNA, um projeto inédito no Estado, feito em parceria com uma universidade federal.
Os policiais ambientais visitaram nesta segunda-feira (22) vários criadores de pássaros silvestres. Depois de verificar a documentação, eles checam as anilhas de cada ave. Todo pássaro silvestre criado em cativeiro tem que ter uma anilha. Cada espécie tem um tamanho próprio.

Mas a novidade é a coleta de sangue das aves, uma parceria da Polícia Ambiental com a Universidade Federal de São Carlos (SP). A operação é inédita no estado de São Paulo, onde existem cerca de 80 mil criadores de pássaros silvestres. O pesquisador colhe quatro gotas de sangue para que seja feito o exame de DNA. "Eu retiro um pedaço da unha do animal, que passa uma veia e vou precisar de quatro gotas para fazer a extração do DNA", afirma o pesquisador Arystene Nicodemo.

A novidade agradou criadores como Sandro da Silva, de São José do Rio Preto (SP). “Acho que vai evitar a captura irregular dos pássaros”, acredita o criador, que descobriu durante a fiscalização que algumas espécies estavam com as anilhas adulteradas. Resultado: perdeu os pássaros e ainda vai ter que pagar uma multa de R$ 500 para cada espécie.
Até hoje, a única maneira de saber se realmente a ave havia nascido em cativeiro era por meio de uma anilha que é colocada nos primeiros dias de vida do pássaro. O anel tem um número que fica registrado nos órgãos ambientais. O problema é que alguns criadores conseguem falsificá-lo. Agora com esse exame, vai ficar mais difícil burlar a lei. "O animal mantido de maneira correta em cativeiro ele tem de ter nascido em cativeiro, com a comprovação de pai e mãe em cativeiro também", diz Alessandro Daleck, policial ambiental.

Leia +23/09/2014 - Fonte: g1.globo.com

IN 10 - INSTRUÇÃO NORMATIVA 10 DE SETEMBRO 2011 - IBAMA

Na IN 10 estão todas as normas, para nós, passarinheiros, que batalhamos para mantermos nosso ofício de Criar e Preservar pássaros silvestres. Boa leitura a todos......

Clique no endereço abaixo:

https://servicos.ibama.go...tembro_2011.pdf
Leia +23/09/2014

IBAMA APREENDE PÁSSAROS E CAIXAS ACÚSTICAS DURANTE FISCALIZAÇÃO

Equipamento ilegal é usado para ensinar pássaros a cantar.
Curiós foram encaminhados ao Cras e criadores, multados.

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) em Mato Grosso do Sul apreendeu, durante fiscalização realizada durante esta semana, 26 pássaros da espécie curió e 12 caixas acústicas para criação das aves. Os animais estavam em situação de maus-tratos.
De acordo com o órgão, as caixas são utilizadas por criadores de pássaros para estimular e treinar o canto do animal. As cabines são feitas de madeira, forrada com materiais de isolamento acústico e porta com vidro reforçado. O interior da caixa é vedado e com ventilação artificial.

O pássaro, ainda filhote, é mantido dentro da caixa por cerca de seis meses, onde o único estímulo que recebe é o som de alto-falantes que são colocados dentro das caixas com a reprodução do canto que se quer ensinar à ave. Conforme o Ibama, o uso do equipamento é comum entre criadores porque pássaros campeões de torneios de canto têm alto valor comercial.

O uso das cabines acústicas e de equipamentos sonoros contínuos de alta intensidade são proibidos por lei no treinamento do canto de pássaros desde 2010, além de ser considerado crimes. Para a criação de pássaros silvestres, os criadores devem seguir obrigações do Ibama.
O criador que for flagrado com o equipamento é penalizado com a apreensão dos pássaros e da caixa acústica, multa, suspensão da atividade de criador e responde na Justiça pelo crime de ambiental. As multas para o crime variam entre R$ 500 e R$ 5 mil e a pena para o criador é de seis meses a um ano de prisão.
Os animais apreendidos foram encaminhados ao Centro de Reabilitação de Animais silvestres (CRAS) em Campo Grande. Foram aplicados R$ 12,5 mil em multas.
Leia +21/09/2014 - Fonte: g1.globo.com

É O COMEÇO DO FIM DO GTA.....

APROVADO PROJETO QUE NORMATIZA A CRIAÇÃO DE PÁSSAROS

A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou nesta quinta-feira (11/09), em segunda discussão, o projeto de lei 2.907-A/14, do deputado Luiz Paulo (PSDB). Ele normatiza a gestão do manejo de passeriformes da fauna silvestre nativa do estado, que passa a ser de responsabilidade do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), sem prejuízo da competência do Ibama.
O texto, que teve seis emendas incorporadas, trata das etapas relativas à criação, reprodução, comercialização, manutenção, treinamento, exposição, transporte, aquisição, guarda, depósito, utilização e realização de torneios no que se refere aos criadores amadores. Não será mais preciso, por exemplo, a guia de transporte de animal (GTA) do Ibama para conduzir pássaros.
Segundo o deputado, o texto buscou adaptar a Instrução Normativa 10/11, do Ibama, à realidade do estado. “Separamos o criador amador do comercial, pois pela IN 10 essa fiscalização era simultânea. O texto trata só de criadores amadores. Também não havia sentido que um criador que fosse participar de uma competição a 200 metros da sua casa viesse ao Ibama para retirar a GTA. Isso agora passa a valer para competições entre estados”, disse.

O projeto do deputado estadual Luiz Paulo (PSDB) que regulamenta a criação amadora de passeriformes (pássaros e passarinhos) no Rio de Janeiro foi aprovado na Alerj nesta quinta-feira (11). O projeto agora segue para o governador Luiz Fernando Pezão, que terá 15 dias para a sanção ou veto do texto.

O projeto de Luiz Paulo dispõe no Rio de Janeiro sobre os procedimentos de manejo das espécies para diversas etapas relativas à atividade, como criação, reprodução, manutenção, exposição e até uso nos torneios de canto. “A definição é importante para os criadores amadores fluminense, pois estamos adaptando uma lei nacional para a realidade local”, comenta o parlamentar.
Desde 1º de agosto, o INEA se tornou o responsável pela fiscalização das atividades de fauna no Rio de Janeiro, cumprindo instrução do Ibama. De acordo com o projeto de lei do deputado Luiz Paulo, os criadores amadores de passeriformes são pessoas físicas que mantém aves nativas sem finalidade comercial. A autorização para a criação tem validade anual e só é permitida para maiores de 18 anos que não foram considerados culpados nos crimes contra a fauna, após cadastramento no INEA e pagamento de taxa de 39,26 UFIR, cerca de R$ 100. Os maiores de 65 anos e os portadores de deficiências serão isentados.

O projeto regula que os criadores amadores poderão ter de uma a 100 aves. Quem possuir um número de aves superior ao estipulado terá prazo de doze meses para se adequar e os com acima de 50 passeriformes o laudo de médico veterinário atestando a saúde e as condições sanitárias do plantel. Somente será permitido um único criador amador por residência, exceto quando forem entre familiares, até o terceiro grau e que residam no mesmo endereço.

Em um período anual, será permitido a solicitação de no máximo 50 anilhas e a transferência de 50 pássaros. Com autorização do INEA, o criador amador poderá transferir aves para os criadores comerciais, com a finalidade de formação de matrizes. Os criadores amadores são proibidos de vender os passeriformes, porém é permitido a manutenção das aves em áreas públicas como praças e locais arborizados.

Cerca de 50 mil pessoas hoje são criadores de passeriformes, divididos em amadores e comerciais. Para Luiz Paulo, “o projeto de lei irá ajudar a preservar os pássaros que vinham sendo muito cassados e diminuir a perseguição com os passarinheiros”. O criador amador Sebastião Nunes Filho, que tem 42 anos de atividade e é presidente do Clube de Bangu, diz que o projeto vai ajudar muito a classe. “Nós nunca conseguimos isso. Primeiro de tudo é que vai regulamentar a criação amadora, mas também agora seremos mais respeitados pelos órgãos públicos. No passado, por exemplo, nós compramos muitas anilhas do IBAMA e não recebemos, e agora com o projeto já temos recebido em casa num prazo de oito a dez dias”, exclama Tiãozinho.

O presidente do Clube de Bangu destaca que a regulamentação da criação amadora também respalda a atividade da classe e o entrosamento com o deputado estadual Luiz Paulo e o deputado federal Otávio Leite. “A legalidade é algo muito importante para os passarinheiros, pois nós queremos as coisas legais. Coincidentemente, os deputados Luiz Paulo e Otávio Leite falam a mesma língua que a nossa e defendem a atividade”, conclui. Em Brasília, o deputado federal Otávio Leite atua na defesa da classe junta ao IBAMA para o cumprimento da Instrução Normativa que passou a responsabilidade de fiscalização da atividade para o INEA.
Leia +15/09/2014 - Fonte: www.luizpaulo.com.br

ASSOCIADOS E PARTICIPANTES DE TORNEIOS BAC


NOVA ANUIDADE IBAMA 2014/2015

Dia 1º de agosto/14 iniciou-se a anuidade 2014/2015 Ibama . Nos anos anteriores, o valor da anuidade era de R$ 30,00, porém, para esta nova anuidade, ainda não foi definido o valor, visto que o Ibama transferiu para os Estados a gerência da Fauna e SC ainda não concluiu essa transição. Novo valor está por vir.
Estamos aguardando os acontecimentos em nível de Estado para mantermos atualizados nossos Associados.
CARTEIRINHA ATUALIZADA + RELAÇÃO SISPASS 2015
Visto termos iniciado nova anuidade, lembramos a todos participantes de torneios que, para inscrição dos mesmos, se faz necessário apresentar Relação Sispass atualizada e Carteirinha de Sócio , ambas 2015. Confira a sua.....
Conforme Instrução em vigor, pássaros sem o seu respectivo GTA e sem a Lista Sispass atualizada, não serão inscritos no torneio. Para que nosso hobby não seja prejudicado, contamos com a compreensão de todos.......

ATENÇÃO ASSOCIADOS BAC

Todos torneios realizados pelo nosso Clube são homologados oficialmente pelos órgãos competentes , sendo que cabe à CIDASC autorizar e fiscalizar o que tange à sanidade de todos os pássaros que adentrarem nosso ambiente de competição. Entendam então todos que, é obrigatório a apresentação da GTA para todos os pássaros participantes de torneios e também os demais, quando expostos dentro do Clube, na ocasião de evento oficial.

Leiam o que consta na IN 10:

§ 8º No local ou recinto destinado à realização de prova, apenas poderão estar presentes pássaros devidamente inscritos na respectiva modalidade que ali se realizará, e seus acompanhantes.

§ 9º É proibida a permanência de pássaro não inscrito no torneio, como participante ou acompanhante, na área delimitada para circulação dos visitantes que estiver sob controle da organização, demarcada na forma do §8º do artigo 44.

Art. 51 - Os organizadores dos torneios e exposições, bem como todos os Criadores Amadores e Comerciais de Passeriformes participantes devem zelar para que estes eventos se realizem em estrita obediência às leis e atos normativos ambientais, sob pena de responsabilidade administrativa, civil e penal quando se constatadas irregularidades, tais como:

I - Prática de comércio ilegal, caracterizado como tráfico, dentro do local do evento;
II - Presença de aves sem anilhas, anilhas visivelmente violadas ou adulteradas;
III - Presença de pássaros não autorizados ou com idade inferior à permitida;
IV - Existência de relações de passeriformes adulteradas;
V - Existência de anilhas com diâmetros incompatíveis com o tarso da ave ou em desacordo com as especificações contidas na Relação de Passeriformes;
VI - Presença de pássaros com anilhas de Clubes/Federações após 31 de dezembro de 2016;
VII - Ausência da via original da Autorização expedida pelo IBAMA, ou da Anotação de Responsabilidade Técnica do evento.
VIII - gaiolas não identificadas.
Leia +02/09/2014

Destaques

Links Úteis

ibama cidasc fatma sispass


fanpage



32333 Visitas
Login